Crédito energias renováveis: porque deve pedir um?

Quer apostar na transição energética da sua casa, mas precisa de um crédito para energias renováveis? Veja como pedir um neste artigo!

Continuar (Sem compromisso)

Atualmente, cada vez mais são aqueles que procuram melhorar a eficiência energética da sua casa, comprando, por exemplo, painéis solares. Nesse sentido, o crédito para energias renováveis acaba por ser uma boa ajuda. 

Seja comprar painéis solares ou instalar um sistema de acumulador de energia, esses projetos, que contribuem para a transição energética, acabam por apresentar custos elevados. Por isso, nem sempre é possível efetuar este investimento com capitais próprios. No entanto, este é um projeto que não deve, de todo, deixar de parte, já que, a longo prazo, irá trazer-lhe inúmeros benefícios. 

Se está reticente em pedir um crédito para energias renováveis, continue a ler o nosso artigo, e descubra o porquê de esta ser a sua melhor escolha. 

4 excelentes motivos para pedir um crédito para energias renováveis 

1. Vai diminuir os seus custos com a energia

Seja a gás ou com recurso a energia elétrica, é normal que sinta que, sobretudo com a subida generalizada dos preços, está a gastar muito dinheiro com a energia que consome. As boas notícias é que, ao instalar, por exemplo, sistemas de painéis solares, estará a fazer um investimento que lhe permite, num curto espaço de tempo, poupar neste gasto. Como resultado, conseguirá reaver o investimento feito em pouco tempo.

2. Pode usufruir de apoios e benefícios para instalações fotovoltaicas

O Fundo Ambiental tem, periodicamente, alguns programas que visam financiar obras para melhorar, entre outros, o desempenho energético dos edifícios residenciais. Como seria de prever, essas opções passam pelas fontes de energia renováveis. 

Nos programas anteriores, a instalação de painéis fotovoltaicos ou de outros equipamentos de produção de energia renovável, tinham um limite máximo de apoio de 2500€. Nesse sentido, quando for instalar os equipamentos para a produção de energia renovável, informe-se no portal oficial do Fundo Ambiental, de modo a perceber se existem apoios disponíveis. 

3. Tem a possibilidade de vender a energia acumulada

Sabia que não só pode consumir, como também vender a energia produzida pelos seus painéis solares? Mas atenção, deverá ter em conta o seguinte:

  1.  Tem de ter, no mínimo, um painel com uma capacidade de produção igual ou superior a 350W;
  2. Precisa de registar os painéis na Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), que irão instalar um contador inteligente (bidirecional);
  3. Assim que instalarem o novo contador, deve contactar a E-REDES, a solicitar um CPE de produtos de eletricidade;
  4. Deve contatar alguma empresa para contratualizar a venda (pode ver esta lista).

4. Um crédito para energias renováveis pode ser pedido sem sair de casa

Após conhecer todas as vantagens de apostar em energias renováveis, certamente que ficou entusiasmado. Contudo, não tem liquidez para este investimento? Sem problema, pode pedir um crédito online para energias renováveis. 

Por exemplo, na Younited Credit consegue fazer o seu pedido para montantes entre os 1000 e os 50000 euros. Para tal, só precisa de seguir estes 3 simples passos: 

  1. Fazer uma simulação do seu crédito online; 
  2. Preencher o pedido com todos os dados que lhe são pedidos; 
  3. Aguardar até 48 horas para receber a resposta ao seu pedido. 
Continuar (Sem compromisso)