5 formas de pagar o cartão de crédito em Portugal

Está com dificuldades em pagar o seu cartão? Descubra no nosso artigo 5 formas que tem para pagar o seu cartão de crédito em Portugal.

Continuar (Sem compromisso)
De acordo com o Banco de Portugal, em 2021 existiam mais de 7 milhões de cartões de crédito ativos em Portugal. Por isso, é normal que existam muitas pessoas com dificuldades em pagar o cartão de crédito. 

Apesar de terem sido criados para responder a situações excecionais, os cartões de crédito acabam por ser usados como uma forma de segurança financeira, antecipando um rendimento extra. Contudo, sendo usados de forma errada, esta acaba por se tornar numa armadilha que é difícil de contornar. 

Está com dificuldades em pagar o seu cartão? Descubra no nosso artigo 5 formas que tem para pagar o seu cartão de crédito em Portugal. 

Por que é tão difícil pagar o cartão de crédito? 

Usar o cartão de crédito em Portugal é muito simples, o problema é quando chega a conta para pagar. Só quando ela chega é que dá para perceber o quão difícil é pagar a despesa feita. Mas porquê? 

Em resumo, existem duas modalidades de pagamento do cartão de crédito: o pagamento integral e o pagamento parcial. No primeiro caso, o valor é cobrado dentro de 20 a 50 dias, sem juros. Já no segundo caso, o banco permite-lhe pagar apenas uma parte do que gastou, ficando o resto para ir pagando com juros. É neste último caso que reside o risco: quanto mais demorar para pagar a totalidade da dívida, mais juros acumula. 

5 formas de pagar o cartão de crédito em Portugal 

Assim que se vê que está com problemas em pagar o cartão de crédito, está na altura de ver quais são as melhores hipóteses que existem pagar resolvê-las: 

  1. Reduza o número de cartões de crédito

Esta pode parecer uma solução óbvia, mas é muito eficaz para quem tem mais do que um cartão de crédito. Afinal, quantos mais possuir, mais pagará por cada um que utilizar. 

Nesse sentido, veja qual dos cartões possui taxas de juro mais elevadas e menor valor em dívida e pague esse valor. Assim que o pagar, utilize o valor que pagava mensalmente por ele para amortizar a dívida de outro. 

  1. Aumente as suas poupanças

Pode ser um esforço, mas é necessário para pagar o seu cartão de crédito. Afinal, todos os cêntimos contam para ajudar a acabar com a dívida. Por isso, comece a reservar os próximos meses para comprar apenas o que for estritamente necessário para a sua sobrevivência. 

Se quiser aumentar a fasquia, aproveite os rendimentos extra, como por exemplo, os subsídios de férias e de Natal, para juntar. 

  1. Amortize as dívidas

Antes de mais, analise o seu contrato. Nele, deverão constar as formas que tem para fazer pagamentos antecipados, assim como as suas condições. Como? Use o dinheiro que poupou ao longo do mês para acrescentar ao pagamento parcial habitual. Deste modo, encolhe a dívida e vê os juros a acumular mais devagar. 

  1. Repense a utilização do seu cartão de crédito em Portugal

Desde que faça uma boa gestão e uso dele, pagar um cartão de crédito em Portugal não é difícil. Por isso, use-o apenas para pagar despesas inadiáveis e urgentes. Quando o usar, tente pagar a dívida o mais rápido possível. 

  1. Consolide os seus créditos

Se além de ter de pagar o seu cartão de crédito tem outros empréstimos, tais como crédito pessoal ou crédito automóvel, pense na possibilidade de consolidar créditos. 

Em suma, ao fazer a consolidação de créditos, estará a juntar todos os créditos num só contrato, ficando a pagar uma única mensalidade. Além disso, estará a beneficiar da redução da taxa de juro. 

Precisa de ajuda para pagar o seu cartão de crédito? Confie na Younited Credit 

A Younited Credit, uma entidade financeira confiável, tem atualmente um modelo inovador de empréstimos na Europa. Nesse sentido, disponibiliza a ajuda que tanto procura para pagar o seu cartão de crédito em Portugal. 

Após fazer o seu pedido, que demora menos de 10 minutos, terá uma resposta definitiva em 48 horas. Para começar o seu processo, basta fazer uma simulação online. 

Continuar (Sem compromisso)